Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

8 vacinas que o idoso não pode deixar de tomar.

8-vacinas-que-o-idoso-nao-pode-deixar-de-tomar

Chegar à terceira idade significa, no mínimo, ter desfrutado muito da vida, não é mesmo? Com um pouco mais de limitações que variam de idoso para idoso, nesta fase é indispensável ter um cuidado redobrado com a saúde, motivo de ser tão importante falar sobre vacinas.

Em geral, as vacinas mencionadas neste artigo são gratuitas e disponibilizadas pelo próprio governo. Entretanto, vale a pena lembrar que em épocas em que tais fórmulas venham a faltar é importante procurar por clínicas a fim de manter a proteção.

Para os que têm a ajuda de um auxiliar de enfermagem home care, esse calendário deve ser apresentado e seguido para maior conforto e bem-estar fugindo da automedicação e preferindo tomar corretamente as vacinas!

A terceira idade pede por cuidados especiais, não é mesmo? Com a saúde um pouco mais frágil, acima dos 60 anos existem algumas vacinas que são indicadas para melhorar a qualidade de vida e diminuir as chances da contração de doenças que, nesta fase, poderiam prejudicar muito ao organismo.

Check list de vacinas para o idoso

Seja você idoso, um auxiliar de enfermagem home care, ou um familiar, veja a seguir quais são as vacinas indicadas para a terceira idade e entenda a importância por trás de cada uma delas:

1.   Contra a febre amarela

Em uma única dose, ou sendo necessário tomar uma nova fórmula dentro de 10 anos, a vacina contra a febre amarela é importantíssima hoje no Brasil, especialmente em alguns estados, em que no último ano houve muitos casos relacionados a este tipo de infecção. Em algumas localidades está em andamento as campanhas para tomar esta vacina.

2.   Contra a gripe

Vacina anual, deve ser tomada antes de o outono começar e é contraindicada para os idosos que já apresentaram reações alérgicas ou anafiláticas aos componentes de sua fórmula. Essa vacina é importante uma vez que gripes podem trazer um grande mau estar para o idoso.

3.   Contra a hepatite

O idoso tem que estar em dia, também, com suas vacinas contra a hepatite, tanto a do tipo A quanto do tipo B. Geralmente essas vacinas são feitas na infância, porém vale lembrar que hoje em dia são mais populares do que na época em que os idosos eram pequenos.

4.   Contra a herpes zóster

Indicada em dose única para aqueles que estão na terceira idade, inibe a reativação do vírus da varicela. É importante que, caso tenha apresentado quadro de herpes se espere ao menos 1 ano para tomar a vacina.

5.   Contra tétano e difteria

Necessário de se tomar a cada 10 anos, caso o idoso nunca tenha tomado esta vacina é importante instruí-lo a fazer as três primeiras doses. Conhecida como dT ou dupla viral, é contraindicada apenas a quem tem reações alérgicas.

6.   Meningocócica

Comum apenas em casos de epidemia, que é quando o governo se mobiliza e cria campanhas para atender a população, essa vacina é contraindicada a todos que tenham alergia aos componentes da fórmula.

7.   Pneumocócica

Previne doenças como pneumonia, bacteremia e meningite e a vacina costuma ser aplicada em três doses sendo que entre cada uma delas há um espaço de 1 e 5 anos respectivamente. A vacina também não deve ser tomada caso o idoso tenha quadros alérgicos ou anafiláticos.

8.   Tríplice viral

Sendo necessárias apenas duas doses ao longo de toda a vida, a tríplice viral combate o sarampo, a caxumba e outras doenças mais que podem agredir ao organismo dos mais velhos.

Tirou as suas dúvidas sobre o assunto? Aproveite para compartilhar essas informações com outros amigos e familiares! A Master Nursing trabalha com auxiliares de enfermagem que ajudam a garantir que as vacinas não passem batido! Saiba mais.


Home Care