Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Home Care: tudo o que você precisa saber sobre enfermagem domiciliar

home care

Home care é uma área médica e da enfermagem que tem crescido muito tanto no exterior quanto no Brasil. O número de famílias que têm optado em cuidar dos entes queridos no conforto da residência cresce todos os anos como resultado de uma busca por um atendimento humanizado, especializado, tranquilo e prático para o paciente.

O que é home care?

O termo home care é traduzido para a língua portuguesa como “cuidados em casa”. Portanto, trata-se de uma internação do paciente em seu domicílio partindo do princípio de dar continuidade ao tratamento realizado no hospital.

A prestação de serviços na modalidade home care é recomendada para uma série de patologias e até em casos de reabilitação, em situações que há a internação hospitalar e onde o atendimento específico é indispensável.

O home care se baseia em um modelo de equipe multidisciplinar com fonoaudiólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, enfermeiros, médicos, entre outros.

O mais importante é entender que o home care envolve diversas formas de atendimento. Cada paciente apresenta particularidades que devem ser respeitadas para que resultados melhores e mais eficientes possam ser percebidos.

Crescimento do home care nos últimos anos

A assistência domiciliar é impulsionada no Brasil por um fator que tem se tornado cada vez mais evidente: a população está envelhecendo. Isto é, o número de nascimentos tem reduzido e a expectativa de vida tem aumentado.

Quando o envelhecimento é acompanhado de dificuldades e limitações funcionais, são necessários cuidados especializados. Estes precisam ser implementados por profissionais capacitados que reconhecem os distúrbios relacionados às doenças dessa fase da vida, tudo isso visando a garantia de um atendimento adequado.

Quais são as vantagens do home care?

Elencar as vantagens oferecidas pelo atendimento home care é uma das melhores maneiras para se entender a amplitude e a importância desse tipo de serviço. A seguir, estão listadas algumas dessas vantagens, acompanhe:

  • O paciente se beneficia quando o tratamento ou reabilitação é realizado em casa, ao lado da família. Isso ajuda e favorece o processo de recuperação deixando-o mais rápido. Além disso, reduz as chances de contração de infecção hospitalar e demais complicações;
  • É uma vantagem para a família em termos de economia financeira e comodidade, pois não será preciso fazer deslocamentos frequentes até o hospital. Com isso, a rotina familiar e as suas tarefas podem ser mantidas de maneira mais regular;
  • O setor hospitalar também sai ganhando. O home care aumenta a rotatividade dos leitos abrindo, posteriormente, espaço para pacientes que realmente estão em situação crítica e instável;
  • Para os planos de saúde, o home care também se mostra positivo, uma vez que os custos desse modelo de atendimento são mais baixos do que uma internação hospitalar.

Outros benefícios que podem ser percebidos pelo home care: o paciente fica mais próximo de seus hábitos cotidianos; com a melhor resposta, o tempo de internação é reduzido; é mais tranquilo e ajuda no equilíbrio das emoções pelo fato de o paciente estar próximo da família e a assistência é mais personalizada, humana e individualizada.

Quais são as diferenças entre enfermagem domiciliar (home care) e cuidador de idosos?

Como observado anteriormente, os serviços home care são abrangentes. Entretanto, faz-se necessário ficar atento para distinguir entre a figura do cuidador de idosos e a enfermagem domiciliar.

Como apontado, a assistência home care envolve um conjunto de profissionais com habilidades específicas em várias áreas da saúde. Já o cuidador de idosos é o profissional responsável pelos cuidados mais rotineiros e básicos do paciente, como por exemplo, cuidar da higiene pessoal e auxiliar na alimentação quando o paciente tem dificuldades motoras.

A função de cuidador de idosos pode ser desempenhada por um profissional contratado ou por algum familiar e, geralmente, não depende de conhecimento especializado apesar de ser indicado que a pessoa passe por um curso antes.

Veja mais detalhadamente as diferenças entre o enfermeiro domiciliar e o cuidador de idosos:

Atuação do enfermeiro domiciliar

Pelas características próprias de sua formação, esse profissional está habilitado para desenvolver atividades mais complexas. Além de poder supervisionar o trabalho realizado pelos técnicos e auxiliares de enfermagem.

Entre as principais funções de um enfermeiro domiciliar estão:

  • Cuidar do bem-estar do paciente;
  • Realizar cuidados pós-operatórios;
  • Verificar o funcionamento de equipamentos cirúrgicos;
  • Avaliar sinais e sintomas;
  • Fazer curativos;
  • E muito mais.

Atuação do cuidador de idosos

O cuidador de idosos pode atuar em casa, hospitais e instituições de longa permanência. Esse profissional pode oferecer apoio e auxiliar o idoso em cuidados preventivos, alimentares, ambientais, de higiene e de administração de medicamentos. Além de acompanhá-lo em deslocamentos onde o mesmo não puder realizar sozinho.

É importante lembrar que há bem pouco tempo, a função de cuidador de idoso era uma atividade informal e sem regulamentação. Hoje, os cuidadores de idosos estão mais capacitados por meio de cursos na área da saúde e amparados por proteções trabalhistas.

Aliás, essa aproximação com setores da saúde e o empenho dos próprios profissionais em se capacitar, estão entre os motivos que levam a uma confusão entre enfermagem domiciliar e cuidador de idosos, pois algumas atividades podem se assemelhar superficialmente.

Mas, vale destacar: o enfermeiro domiciliar tem capacidade técnica e especializada graças a sua formação que, por sua vez, deve ser reconhecida pelo MEC. Além disso, ele precisa ter registro válido junto ao Conselho Regional de Enfermagem.

Por fim, um aspecto fundamental que não pode ser deixado de lado é saber como escolher uma empresa de enfermagem domiciliar. Sobre isso, confira esse artigo especial para se aprofundar no assunto.

Home care e os cuidados paliativos

Cuidados paliativos oferece ações e cuidados completos para pacientes com doença progressiva sem possibilidade de cura, visando uma assistência que forneça uma qualidade de vida melhor.

Dessa forma, o home care figura como um dos mais excelentes meios disponíveis atualmente para a promoção dos cuidados paliativos. A relação entre um e outro é muito íntima.

Aqui, cabe uma observação importante em relação ao home care para cuidados paliativos: esse tipo de serviço consegue reduzir, de forma significativa, a possibilidade de o paciente retornar ao hospital.

Em boa parte dos casos, devido à eficiência dos serviços, há uma diminuição na necessidade de recorrer ao atendimento de urgência dos hospitais no último mês de vida do paciente.

Para conhecer mais sobre o tema, confira o artigo especial da Master Nursing sobre as melhores práticas paliativas e como aplicá-las.

Como contratar um serviço de home care?

O home care tem crescido no Brasil e isso é excelente tendo em vista que empresas surgem e se solidificam oferecendo um atendimento de ponta em todos os Estados.

O serviço de home care é uma atividade sensível e requer muita atenção na escolha da empresa. Afinal, é algo que será oferecido 24 por dia, nos sete dias da semana e por um bom espaço de tempo.

Isso quer dizer que na hora da escolher pela empresa todo o cuidado é pouco, pois se trata de cuidados por longos períodos.

Confira alguns passos para tornar sua escolha a mais segura possível:

  • Empresa idônea: a idoneidade da empresa é um fator chave na escolha. Histórico de bons atendimentos com outros clientes, profissionais qualificados para as principais áreas de saúde e autorização para atuação no ramo, são alguns pontos que a empresa ressalta que devem ser analisados antes da escolha;
  • Preços: nem sempre o que é mais caro oferece o melhor atendimento e, por vezes, aquele que é mais barato pode não contar com a qualificação necessária também. A sugestão aqui é avaliar com cuidado o que cabe no orçamento e conversar com a empresa de home care de sua confiança para chegar a melhor solução;
  • Amplitude dos serviços: é fundamental escolher e contratar uma empresa que ofereça um leque bastante amplo de serviços. Primeiro, que ela terá mais capacidade de entender a necessidade do paciente e entregar uma solução adequada e, segundo, há menos possibilidade de o paciente necessitar recorrer aos serviços de emergência e urgência fora do domicílio.

Quais são os profissionais responsáveis pela prestação de serviços home care?

De forma geral, qualquer profissional com atuação em algum setor da saúde pode trabalhar em sua função home care. Porém, nesse cenário, os mais comuns são:

Médicos: São os primeiros responsáveis pelo diagnóstico e tratamento do paciente. São eles que, após avaliação, recomendam o tratamento domiciliar, e trabalham em parceria com enfermeiros e empresas de home care.

Enfermeiros: É o profissional que coordena e supervisiona as atividades dos técnicos e auxiliares de enfermagem, e está apto a atender pacientes em estado grave ou com alto grau de complexidade.

Dentistas: Abrange uma série de serviços tais como tártaro, remoção de cáries, próteses, implantes, cirurgias e emergências.

Fisioterapeutas: Tem um papel essencial no segmento home care, especialmente, no que se relaciona a recuperação de traumas ou cirurgias. Com isso, contribui para a diminuição da necessidade de medicamentos e no aumento da qualidade de vida.

Nutricionistas: A atuação desse profissional ajuda na promoção da saúde por meio da alimentação. Com a prevenção e os cuidados alimentares, o paciente torna-se mais resistente e menos propenso a precisar de medicamentos.

Psicólogos: Essenciais para uma reabilitação mental e emocional do paciente que, ao se manter equilibrado, contribui para seu próprio processo de reestabelecimento.

Terapeutas ocupacionais: Não é raro encontrar pessoas que acham que o atendimento home care envolva profissionais ligados a procedimentos médicos complexos. Na realidade, os cuidados se estendem por várias outras áreas.

Por exemplo, o caso do terapeuta ocupacional, função muitas vezes não considerada pelos usuários e contratantes de serviços home care, mas que representa um grande peso na recuperação e bem-estar do paciente. É ele o responsável por tornar o dia a dia do paciente mais produtivo além de ajudá-lo na tarefa de ser mais independente.

Dessa forma, a interação social do paciente é estimulada ao mesmo tempo em que a sua autonomia é incentivada.

A lista de profissionais pode seguir indefinidamente. É preciso considerar que os cuidados home care são feitos de forma individualizada, com foco no bem estar do paciente. Por isso, cada caso é uma situação específica e deve ser analisado de forma independente.

Onde encontrar um serviço idôneo de home care?

Anteriormente foram mencionados alguns dos requisitos básicos essenciais para a escolha e para a contratação de uma empresa de cuidados home care. Aqui, vale chamar atenção para a Master Nursing.

A Master figura como referência no setor de prestação de cuidados home care. A gama de serviços oferecidos é ampla, completa e de alta qualidade, com soluções adequadas para todos os perfis de pacientes.

Alguns dos serviços disponibilizados são:

  • Alocação de equipamentos
  • Medicamentos (dispensário próprio)
  • Dentista (odontologia)
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Nutrição e dietética
  • Psicologia raio X (radiografia)
  • Remoções / Ambulância
  • Terapia Ocupacional Saúde in Company

A Master Nursing atua no segmento home care desde o ano de 1994. A solidez e o crescimento no mercado se devem a dedicação de seus profissionais e ao emprego de investimentos em recursos tecnológicos inovadores visando a melhora da saúde, o conforto e a recuperação dos pacientes.

A equipe que compõe a empresa merece todo o destaque. São profissionais conceituados no meio médico e altamente preparados para oferecer um tratamento único para cada paciente.

Todos os enfermeiros e técnicos da equipe passam por treinamentos frequentes em todos os sentidos. Ou seja, além de atuarem na assistência ao médico, eles são capacitados para dar suporte à família do usuário e ajudá-los no convívio com o paciente em domicílio promovendo uma melhora na qualidade de vida, tanto dele, quanto dos parentes.

Ficou claro que o home care deixou de ser uma tendência para se tornar uma realidade na vida de muitas famílias, não é mesmo?

No fim das contas, a preservação e manutenção da saúde e a autonomia oferecida ao paciente aparecem com fatores de peso na decisão de muitas famílias.

Por fim, vale ressaltar: na hora de escolher uma empresa home care toda atenção é essencial!

Quer saber mais sobre como funciona o home care e o que esse sistema de atendimento domiciliar pode fazer com você? Solicite agora seu atendimento!


Home Care