Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Perigos na terceira idade: 5 doenças mais comuns em idosos

Os idosos enfrentam muitos desafios em sua rotina, como falta de acessibilidade em lugares públicos, descaso familiar, e instabilidade financeira. Conheça os principais perigos na terceira idade.

Não por acaso, é raro encontrar uma pessoa na terceira idade que não possua uma ou mais doenças crônicas.

Segundo pesquisas*, 80% dos adultos com 65 anos ou mais possuem ao menos um problema crônico; 68% tem duas ou mais complicações.

Apesar de todas as adversidades, é possível ter uma boa qualidade de vida após os 65.

Abandonar o cigarro, parar de beber, perder peso, manter uma vida ativa com estímulos para o cérebro e o corpo, além de seguir uma dieta saudável, são algumas coisas que garantem um bom futuro.

Separamos os 6 principais perigos na terceira idade. Confira:

1. Hipertensão – Perigos na terceira idade

Hipertensão, popularmente conhecida como pressão alta, é a doença mais comum entre os mais velhos.

A complicação se manifesta porque os vasos sanguíneos se contraem, ou seja, o sangue não consegue fazer o seu percurso natural.

Quando não controlada, a pressão alta pode gerar outros problemas, como acidentes vasculares cerebrais (derrames) e ataques cardíacos.

Controlar o nível de estresse, medir a pressão regularmente e limitar o consumo de sal são algumas coisas que ajudam o idoso com hipertensão a manter uma boa vida.

2. Diabetes – Perigos na terceira idade

O diabetes é facilmente identificado a partir de um simples exame de sangue. É uma doença que quanto mais rápido for descoberta, mais fácil pode ser controlada.

A ausência de insulina no organismo é o que desenvolve o diabetes. A insulina é a substância responsável por obter energia dos alimentos e distribuí-las para as células.

Quando isso não ocorre, o nível de açúcar no sangue aumenta, gerando o problema.

Monitorar o consumo de carboidratos e calorias é a forma mais simples de evitar a doença.

3. Artrite – Perigos na terceira idade

As mulheres são as mais afetadas pela artrite, um mal que causa dor e rigidez, por conta de inflamação nas articulações.

Por conta desses sintomas, muitos idosos perdem a vontade de manter uma vida ativa com a pratica regular de exercícios. Contudo, a única forma para combater a artrite e impedir a progressão sua progressão é realizando atividades físicas.

A fisioterapia também pode auxiliar, com fortalecimento de músculos e alongamento.

4. Depressão – Perigos na terceira idade

Considerada por muitos como um problema psicológico, a depressão diminui a imunidade, comprometendo a capacidade de se combater infecções.

Ela ainda causa sentimentos persistentes de tristeza, cansaço, pessimismo, desesperança e ansiedade.

O tratamento mais comum inclui medicação e sessões de terapia. Outra maneira de combater a depressão é criar uma rotina agitada, onde haja bastante interação social.

5. Câncer

Segunda principal causa de morte entre as pessoas com mais de 65 anos, o câncer é uma doença que atinge cerca de 49% dos idosos.

Exames como mamografia e colonoscopia são as melhores formas de diagnosticar a enfermidade.

Embora nem sempre seja possível prevenir o câncer, o idoso pode ter uma vida digna e plena, inclusive durante o tratamento, desde que a equipe médica seja formada com bons profissionais e o paciente siga todas as recomendações.

Cuidado a todo momento

Como visto anteriormente, é possível evitar ou controlar a maioria das doenças crônicas. Entretanto, uma pessoa na terceira idade que recebe cuidados em tempo integral possui maiores chances de obter sucesso em seu caso.

Por isso, a Master Nursing é especialista em Home Care, ou seja, cuidar dos idosos de forma confortável e individualizada, no conforto de casa. Conheça o nosso trabalho.

 

Fonte*: https://www.ncoa.org/wp-content/uploads/10-Common-Chronic-Conditions-Older-Adults-ncoa.png

https://www.everydayhealth.com/news/most-common-health-concerns-seniors/


Home Care