Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Amizade entre idoso e criança: por que o encontro de gerações é tão singelo?

Amizade entre idoso e criança: por que o encontro de gerações é tão singelo?

Você já percebeu como é comum a aproximação entre idoso e criança em um encontro em família ou até mesmo entre pessoas desconhecidas?

Para entendermos melhor a esse respeito é importante conhecermos mais sobre a vida em sociedade.

Segundo o site Sabedoria Política, a vida em grupo é uma exigência da sociedade humana. O homem precisa de seus semelhantes para:

  • sobreviver,
  • realizar-se como pessoa.

Isso significa que somos atraídos por outros seres humanos e o encontro entre o idoso e criança é uma característica inerente ao comportamento humano.

Neste post, apresentaremos o encontro de gerações e sua importância para a qualidade de vida e troca de experiências. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

Encontro de duas gerações: idoso e criança

O encontro e a simpatia existente entre idoso e criança é bastante comum e não são raras as amizades firmadas por membros dessas duas gerações, onde a singeleza dos pequenos encantam os mais velhos e a experiência de vida chama a atenção daqueles que estão iniciando a caminhada.

Talvez por não estarem envolvidos diretamente na luta diária, a valorização do encontro e as longas conversas entre essas duas gerações possibilitam uma aproximação que faz muito bem à saúde física e mental.

As crianças sentem-se prestigiadas quando percebem que são acolhidas e recebem o carinho fraternal dos idosos, que por sua vez, sentem-se úteis e felizes em poder colaborar, ainda que de forma tímida, respondendo às perguntas e questionamentos desse pequenos amiguinhos curiosos.

Quais os benefícios dessa relação?

O encontro de gerações possibilita bons momentos e um espírito de fraternidade e companheirismo normalmente não percebido no dia a dia das relações humanas.

Pode-se, inclusive, afirmar que ali existe uma amizade verdadeira, onde os benefícios fazem a diferença nas vidas dos envolvidos, quando as experiências valem a pena, oportunizando:

Para crianças

As crianças sentem-se felizes quando percebem a alegria de serem recebidas por idosos, notando essa satisfação nos olhares e sorrisos dos seus amigos mais experientes.

Esse relacionamento ajuda os pequenos a se livrarem dos preconceitos e a aprenderem a respeitar outras pessoas, inclusive repercutindo positivamente junto aos pais, avós e demais pessoas envolvidas no cotidiano.

A partir dessa experiência, elas aprendem que os adultos possuem:

  • sentimentos,
  • experiência,
  • sabedoria.

A tendência é que venham a incorporar em suas vidas alguns valores, como respeito, compreensão e admiração por aqueles que já experienciaram muitas situações e fizeram a sua história.

Para idosos

A amizade entre idoso e criança, para aqueles que muitas vezes sentem-se sós e à margem da sociedade, valoriza a vida e a autoestima.

As crianças colaboram com o estímulo cognitivo da pessoa idosa, fazendo-a perceber que continua útil e pode repassar o seu conhecimento e experiência aos pequenos.

Além disso, o ritmo impresso pelos mais jovens faz com que os seus velhos amigos tenham que estar mais atentos, o que os desperta de quadros estressantes e depressivos colaborando diretamente com a saúde física e mental.

O fato é que a amizade construída entre idoso e criança é uma maneira inteligente de contribuir para a qualidade de vida dos envolvidos.

Oportunizar essa experiência aos pequenos irá abrir novos horizontes no entendimento da vida do futuro cidadão, enquanto que, em simultâneo, valorizará a caminhada de quem já fez muito e precisa da doçura desses excelentes e sinceros amiguinhos.

Agora que você conhece mais a respeito das possibilidades existentes no relacionamento social dessas duas gerações, continue conosco e leia nosso post que apresenta yoga para idosos: por que praticar?


Home Care