Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Qual é a importância da aromaterapia para idosos?

Qual é a importância da aromaterapia para idosos?

A aromaterapia para idosos pode significar mais qualidade de vida e saúde na terceira idade. 

Cuidar da saúde nessa fase da vida vai muito além de consultas médicas, exames e mudanças de hábitos.

É preciso aprender a enxergar o idoso como um ser integral, que precisa ser cuidado de dentro para fora, focando também nos aspectos psicológicos e emocionais, além dos físicos. 

Nesse sentido, a aromaterapia contribui tanto para o alívio das dores como para os transtornos de ansiedade, depressão, insônia e estresse, entre outros.

Quer saber mais sobre os benefícios dessa terapia? Continue a leitura.

O que é aromaterapia?

Aromaterapia pode ser definida como uma técnica natural que utiliza a fragrância e as partículas liberadas pelos mais diversos óleos extraídos de produtos naturais.

O uso desses aromas estimula diferentes regiões do cérebro e contribui para a saúde física e bem-estar da pessoa.

A Associação Brasileira de Medicina Complementar, ABMC, a define como um tratamento que ajuda na cura e que utiliza o olfato e as propriedades dos óleos naturais essenciais. 

Ou seja, é uma forma de medicina natural, alternativa, preventiva e curativa, promovida através do cheiro. 

Em especial, o uso da aromaterapia para idosos pode ser aplicada por meio de:

  • inalação,
  • vaporização, 
  • massagens,
  • banhos,
  • sprays.

É importante frisar que somente o naturopata ou outro profissional especializado na área deve indicar a utilização de um, ou a junção de mais óleos naturais, sempre conforme a situação e necessidade de cada paciente.

Quais são os benefícios da aromaterapia para idosos?

Cada óleo e aroma tem a sua aplicação e função distinta.

Por exemplo, um estudo publicado no International Journal of Neuroscience mostrou que o óleo de lavanda ajuda no combate à insônia, promove o relaxamento e melhora o humor. 

Além disso, essa terapia também contribui para:

Alívio de dores

Alguns óleos têm a função analgésica, por isso, a aplicação da aromaterapia para idosos contribui no alívio de dores na terceira idade.

Exemplos desses óleos são o de alecrim, capim-limão, eucalipto, funcho, limão, manjericão, pimenta-negra, sálvia-esclareia e tomilho.

Eles podem ser utilizados em banhos e massagens para agir diretamente no local da dor, como também podem ser inalados, acessando o sistema nervoso central. 

Diminuição de ansiedade e depressão

Em 2014, foi realizado, na Universidade de Hong Kong, um estudo visando comprovar os benefícios da aromaterapia para idosos.

Participaram da pesquisa 80 idosos, todos acima de 70 anos, divididos em dois grupos.

O resultado apontou que as pessoas que foram submetidas à terapia dos aromas tiveram significativa redução dos níveis de dor, depressão, ansiedade e estresse.

Durante quatro semanas, os idosos foram submetidos ao uso de óleos por inalação das essências de lavanda e bergamota.

Regulação da pressão

A aromaterapia para idosos também auxilia na regulação da pressão arterial. 

Isso acontece porque alguns óleos naturais possuem propriedades vasodilatadoras, o que contribui para a melhoria de todo o fluxo sanguíneo.

Alguns deles também promovem o relaxamento físico e mental, colaborando para o equilíbrio das palpitações cardíacas.

Flor de laranjeiras, alecrim, lavanda, entre outras, são essenciais e auxiliam na prevenção e cuidados com a pressão arterial. 

Como se pode observar, esse tratamento pode ser uma forma complementar de aliviar as dores e cuidar do idoso, como um ser integral. 

Conforme já frisamos, para total segurança, a aromaterapia para idosos deve ser orientada e supervisionada por um profissional especializado na área.

Agora, que tal continuar no nosso blog e conhecer os benefícios de envelhecer cantando?


Home Care