Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

AVC: o que é e como evitá-lo?

AVC: o que é e como evitá-lo?

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte entre as pessoas no mundo todo e o AVC, Acidente Vascular Cerebral, é considerada a mais séria delas. 

A Organização Mundial de AVC (traduzida de World Stroke Organization) estima que uma entre quatro pessoas no mundo seja atingida pelo Acidente Vascular Cerebral, também conhecido como derrame.

No Brasil, o AVC é a maior causa de morte entre a população e. geralmente, acomete pessoas maiores de 60 anos.

Ele também pode acontecer na fase adulta, jovem e na infância, e em boa parte poderia ser evitado.

Continue lendo nosso post e saiba, de fato, o que é AVC e como evitá-lo!

O que é AVC?

AVC: o que é e como evitá-lo?

O AVC é classificado como uma doença grave, sendo a causa de muitas mortes, de internações hospitalares e de incapacitações para o trabalho no mundo inteiro.

Ele é o entupimento ou o rompimento dos vasos sanguíneos do sistema nervoso central do corpo.

Pode ainda ser definido como o aparecimento de uma deficiência neurológica súbita que é causada por um problema nos vasos sanguíneos do sistema nervoso central.

Por que ocorre um AVC?

O AVC ocorre quando há algum problema no fluxo sanguíneo, ou seja, no sistema vascular, por onde o sangue circula. 

Geralmente, ele se dá quando os vasos ( veias) que transportam o sangue para o cérebro ficam obstruídas ou se rompem.

Como essa obstrução ou o rompimento impede a circulação sanguínea normal, acontece o AVC.

Ambas as situações podem ser causadas por:

  • estreitamento dos vasos,
  • endurecimento das artérias,
  • enfraquecimento dos vasos sanguíneos,
  • engrossamento do sangue.

O que muita gente não sabe é que existem dois tipos de AVC:

AVC isquêmico

O AVC isquêmico é o mais comum e representa 85% dos casos. 

Ele acontece quando há uma obstrução (entupimento) em uma artéria que não consegue mais levar adequadamente o sangue e o oxigênio para as células cerebrais, o que acaba provocando a morte delas. 

A obstrução da artéria normalmente acontece em virtude de um coágulo sanguíneo e/ou um depósito de gordura devido à aterosclerose.

AVC hemorrágico

O AVC hemorrágico é mais difícil de acontecer e é responsável por 15% dos casos de Acidente Vascular Cerebral.

Ele é caracterizado pelo sangramento (hemorragia) em uma parte do cérebro, decorrente do rompimento de um vaso sanguíneo. 

A hemorragia pode acontecer dentro do cérebro ou tronco cerebral, e também no interior das meninges (hemorragia subaracnóidea).

O AVC hemorrágico pode ser em decorrência da hipertensão arterial ou de uma doença chamada angiopatia amilóide, comum em idosos. 

Como evitar um AVC?

Para evitar um AVC é preciso controlar os fatores de risco.

Existem pessoas que têm mais predisposição para desencadear doenças cardiovasculares, por isso, o principal é realizar consultas periódicas no médico para o devido tratamento e controle quando necessário.

No entanto, existem detalhes que ajudam de forma significativa a evitar que uma pessoa venha a sofrer um AVC:

Controle da hipertensão

Controlar e tratar a hipertensão é essencial para evitar o AVC.

O ideal é consultar um médico para uso de medicamentos, quando for necessário, e também para orientar devidamente como deve ser feito o controle e medição da pressão. 

Alimentação saudável

A alimentação saudável sempre será a orientação certa para todas as pessoas que desejam se cuidar e prevenir algumas doenças, em especial para o idoso. 

Para evitar o AVC é preciso eliminar alimentos gordurosos.

O colesterol ajuda na formação de placas nas paredes das artérias, o que pode estreitá-las e reduzir o fluxo de sangue, aumentando a possibilidade da pessoa ter um AVC. 

O ideal é o idoso manter uma alimentação saudável rica em fibras, verduras e legumes, reduzindo ou eliminando o sal e as gorduras saturadas e industrializadas. 

Não fumar e abusar de álcool

O uso excessivo do álcool é associado, por vezes, ao AVC, já que ele aumenta a pressão e o colesterol, ambos considerados fatores de risco para doenças cardiovasculares.

Prática de exercícios físicos

Atividade física também é uma prática que faz bem para todos em qualquer idade, inclusive para os idosos

O sedentarismo aumenta o peso, a pressão arterial e o colesterol.

Agora que você sabe o que é e como evitar o Acidente Vascular Cerebral, que tal continuar a leitura e descobrir os 5 cuidados para o idoso ter uma boa reabilitação após o AVC?!


Home Care