Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Confusão mental em idosos. Quais são as principais causas?

Confusão mental

Cuidar de uma pessoa não é tarefa fácil, agora tratar de idoso com confusão mental é ainda mais complicado.

A confusão acontece quando o indivíduo é incapaz de pensar com clareza e executar tarefas básicas do dia a dia.

Muitas vezes essa complicação aparece de forma lenta e se desenvolve com o tempo.

Um tratamento à base de medicamentos e terapia retarda que a doença cresça.

Quais são as principais causas da confusão mental em idosos?

Diversos motivos podem causar confusão mental em um idoso, desde sérios problemas de saúde até a deficiência de nutrientes no organismo. A ingestão em excesso de bebida alcoólica é uma das causas mais comuns. Outras incluem:

  • Concussão – É quando uma lesão cerebral ocorre como resultado do traumatismo craniano.

Uma concussão pode mudar o nível de atenção de alguém, bem como o julgamento, a coordenação e a fala.

Ela tem reações adversas, pode levar a desmaios, mas também é possível o idoso sofrer uma concussão forte e nem perceber.

Outro problema é que os sintomas podem ser retardados, ou seja, aparecem dias depois após o acidente.

  • Desidratação – O corpo perde fluidos todos os dias através da transpiração, urina e outras funções corporais.

A falta de água leva a desidratação. Isso pode afetar a quantidade de eletrólitos (minerais) que seu corpo contém, o que pode causar problemas com a capacidade do seu corpo de funcionar.

A desidratação é um dos principais motivos da confusão mental nos idosos.

Normalmente as pessoas na terceira idade não possuem uma vida ativa, com atividades físicas, por isso sentem sede com menos frequência e assim não se hidratam.

É um erro muito comum achar que é necessário tomar água apenas quando sentir sede.

  • Medicamentos – Certos medicamentos podem gerar confusão, graças aos efeitos colaterais.

Por outro lado, não tomar os remédios da forma como o médico prescreve também pode causar a complicação.

  • Outras Causas Potenciais

A confusão pode ser causada por uma série de fatores diferentes. Outros motivos potenciais incluem: febre, baixo teor de açúcar no sangue (outra causa que afeta muito os idosos), insônia, má respiração, queda ou aumento de pressão repentina.

Quais os sintomas da confusão mental no idoso?

Para ter certeza que um idoso está passando por uma crise de confusão mental, observe os seguintes sintomas:

– Ele não consegue lembrar de coisas simples, como a data, nem reconhecer pessoas próximas ou sua profissão;
– Não expressar reação quando alguém chamá-lo ou tocá-lo;
– Mexer o corpo de forma descontrolada;
– Perder a noção de espaço e clima, como vestir um agasalho em dias calorosos:
– Repetir uma frase ou perder a concentração durante a conversa;
– Mudar de comportamento sem motivo aparente, tornando-se ansioso ou irritado.

Como cuidar de um idoso com confusão mental?

Por ter diversas causas, os métodos para tratar um idoso com confusão mental também são inúmeros.

É importante lembrarmos que diagnosticar o caso com rapidez garante um melhor tratamento, retardando o avanço da doença.

Tratar de um idoso com confusão mental pode ser complexo, por isso a Master Nursing te ajuda, caso seja necessário. Oferecemos serviços de Home Care há mais de 20 anos.

Nosso trabalho é humanizado e atendemos casos de alta e baixa complexidade. Confira!


Home Care