Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

5 cuidados com pessoas com Esclerose Lateral Amiotrófica

ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA

A Esclerose Lateral Amiotrófica é uma doença degenerativa do sistema nervoso, que acomete diversos órgãos, músculos e habilidades motoras, podendo provocar paralisia progressiva em seus pacientes.

A doença, que ainda não tem cura, pode causar a dependência do paciente em tarefas simples, como comer, tomar banho, escovar os dentes e abotoar camisas.

Para garantir a qualidade de vida e conter a doença, é necessário ter alguns cuidados especiais com os pacientes.

Como ajudar alguém com Esclerose Lateral Amiotrófica?

#1 Participação da família

É comum ouvir que a ELA, (sigla para Esclerose Lateral Amiotrófica), é uma doença da família.

Os parentes diretos do paciente precisam ser participativos e ajudá-lo a combater a doença. Seus sintomas podem exigir cuidados especiais, e a presença da família é essencial para que o paciente não se sinta abandonado, receba apoio e tenha melhora na qualidade de vida.

O cuidado evita problemas secundários da doença como depressão, isolamento e ansiedade. Com isso, parentes demonstram que estão todos em busca de uma solução e animam o paciente para tentativas de melhoras através de tratamentos alternativos.

Desta forma, incentivando também a continuidade rigorosa de tratamentos já iniciados.

Também é necessária a ajuda da família na manutenção de despesas, administração das finanças e cuidados com a casa. Tudo com o intuito de melhorar a qualidade de vida do paciente. Isso é ainda mais importante caso o paciente tenha sido a principal fonte de renda da casa ou da família.

#2 Intervenção precoce

A intervenção precoce pode prolongar a vida de pacientes, além de aliviar a progressão da doença.

Algumas dessas medidas são a fisioterapia, administração de remédios, medidas paliativas, tratamento sintomático, utilização de máquinas e equipamentos que facilitem a locomoção, respiração e realização de tarefas, contratação de cuidadores domiciliares, entre outros.

Essas atitudes, quando tomadas logo no início da doença, retardam seus avanços e permitem uma vida mais tranquila, saudável e feliz para pacientes, que tem seus sintomas abrandados por um bom tempo.

#3 Informação para o paciente

A ELA só acomete os neurônios motores e isso quer dizer que, apesar do paciente ser mais dependente, ele ainda é completamente lúcido e pode fazer decisões sobre sua vida, escolha de tratamentos, se deseja permanecer em sua própria casa, etc.

Você médico ou parente, mantenha o paciente sempre informado, respeitando a sua lucidez e consciência.

Além disso, ajude ele a tomar decisões ainda melhores em relação a tratamentos e medidas alternativas. Isso garante que o paciente compreenda a importância de remédios na redução de sintomas.

#4 Tratamento domiciliar

Diversos estudos apontam que o tratamento domiciliar pode melhorar a qualidade de vida e diminuir o impacto da doença.

Isso porque, no lar, o paciente tende a sofrer menos com adaptações e com doenças secundárias, como ansiedade e depressão.

Com essa medida, as visitas ao hospital se resumiriam apenas a exames e tratamentos significativos. Entretanto, atualmente, há médicos e empresas que oferecem esses serviços à domicílio.

É importante, porém, respeitar a decisão do paciente em relação ao local que ele deseja permanecer.

#5 Moral, companhia e apoio

A Esclerose Lateral Amiotrófica se desenvolve de diferentes formas em cada paciente, podendo ter sintomas secundários, não segue um ritmo padronizado. Ou seja, pode demorar muito ou pouco tempo para progredir.

De qualquer forma, é necessário que a família esteja presente. Bem como os amigos, fornecendo companhia nas horas difíceis e apoio para combater a doença.

É necessário dar esperanças ao paciente para que ele não se deixe vencer e continue lutando, buscando por tratamentos alternativos e as melhores formas de conviver com a doença, com integridade, dignidade e independência.

A Master Nursing oferece serviços de enfermagem domiciliar que podem ajudar as famílias a tomar cuidados especiais com pacientes.

Disponibilizamos também profissionais da fisioterapia, exames domiciliares, locação de equipamentos, dispensário de remédios próprio e ambulância para remoções.

Conte com a Master Nursing para auxiliar no combate a Esclerose Lateral Amiotrófica. Ajudamos a trazer conforto ao seu familiar até nos momentos mais difíceis.

Entre em contato e deixe o resto com a gente!


Home Care