Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Demência: o que é e quais principais sintomas?

O envelhecimento, de forma natural, traz algum tipo de esquecimento nas pessoas, mas isso não quer dizer que esse fato seja caracterizado como demência.

Nem toda pessoa que esquece algo tem algum tipo de demência. Em média 50% dos idosos afirmam ter dificuldades quando precisam lembrar nomes, palavras e números de telefone, por exemplo. 

No entanto, é preciso tomar cuidado para saber identificar as causas e os sintomas da doença, para que essa possa ser tratada, dando mais qualidade de vida.

Nesse post você vai ficar sabendo mais sobre essa doença e quais são os principais sintomas dela. Continue lendo!

O que é demência?

Define-se como demência o declínio geral das habilidades mentais, envolvendo a memória, a linguagem e o raciocínio, ou seja, é a degeneração crônica, na maioria das vezes, irreversível da cognição. 

Pode ser definida ainda como uma doença, mas não de forma generalizada, geralmente, ela é decorrente de outros males, assim como as pessoas que sofrem de doenças cardíacas, por exemplo. 

Em regra geral, a doença não tem um início específico, ela vai acontecendo de forma gradual e, a partir do momento em que se manifesta, persiste por toda a vida e, normalmente, interfere nas atividades do dia a dia da pessoa. 

Sua progressão vai levando ao prejuízo cognitivo que leva desde a perda da memória até mudanças no comportamento e na personalidade do paciente. Ela não tem cura, mas existem tratamentos que ajudam a diminuir a evolução dela. 

Quais são as causas da demência?

A demência ocorre a partir de determinadas doenças, sendo que o Alzheimer é o responsável por 60 a 80% dos casos. É importante dizer que a segunda maior causa desse mal, principalmente entre idosos, é a demência vascular, doença mais frequente em homens a partir dos 70 anos. 

Essa doença, no entanto, não é uma característica da velhice, afinal, existem idosos com 90 anos ou mais que não a manifestam, mas, geralmente, ela se apresenta em pessoas com mais de 65 anos. 

Além do Alzheimer, outras doenças contribuem para a demência, algumas delas são: 

  • Doença de Huntington,
  • paralisia supranuclear progressiva,
  • Esclerose Múltipla,
  • Doença de Parkinson,
  • doença da picareta, 
  • dano cerebral devido à lesão,
  • Acidente Vascular Cerebral,
  • doença de Huntington,
  • demência corporal de Lewy.

Quais são os principais sintomas?

A demência, de forma geral, é caracterizada pela perda gradual da memória, mas ela também apresenta outros sintomas

A pessoa vai esquecendo quase que completamente dos acontecimentos, o que faz com que ela vá perdendo a noção do tempo, por exemplo. A doença impede que as pessoas consigam dirigir, ordenar pensamentos, e chega interferir na comunicação, e nas tarefas diárias. 

O comportamento também pode sofrer alterações, tornando a pessoa agressiva. Muitas vezes, o paciente pode fazer ameaças verbais, jogar objetos ou tentar agredir.

A demência pode levar à depressão, ausência de cuidados pessoais, ataques de pânico, agitação, perambulações e, até mesmo, fugas.

Como cuidar de alguém com demência? 

A doença, geralmente, passa por fases. Na inicial, quando a princípio o problema é apenas de memória, é essencial contar com orientação de um médico para as devidas orientações.

Muitas vezes, será indicado o uso de uma agenda para o paciente anotar todos os compromissos e atividades que ele exerce durante o dia, ajudando-o a manter a autonomia e a independência enquanto for possível. 

Nas fases mais avançadas o paciente se torna dependente. O indicado é que o paciente conte com o apoio de um serviço especializado e a família receba as orientações adequadas para ajudar em todo o processo. 

Chega o momento em que o paciente necessita de todo tipo de cuidado, desde a alimentação, banho, higiene pessoal e acompanhamento integral. 

O ideal é contar com o apoio de um atendimento home care, que tem uma equipe multidisciplinar com enfermeiras, psicólogos, terapeutas entre outros profissionais que ajudarão na qualidade de vida do paciente e garantirão mais segurança aos familiares.

Precisando de serviços de home care para cuidar do seu ente querido? Consulte a Master Nursing e saiba como podemos ajudar!


Home Care