Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Perda de memória: quando é hora de se preocupar?

Perda de memória: quando é hora de se preocupar?

A perda de memória ocorre com todas as pessoas e na maioria das vezes está ligada ao estresse do cotidiano ou a falta de concentração nas atividades que estão sendo realizadas.

Muitas vezes, as tarefas são tantas que algumas acabam ficando no esquecimento, o que é natural.

Também é normal que pessoas que ultrapassaram os 60 anos tenham lapsos de memória, esquecendo de determinadas lembranças.

No entanto, se essa situação vem tomando proporções maiores e passou a fazer parte da rotina de alguém, é hora de buscar uma avaliação médica.

Neste post apresentamos detalhes da perda de memória e quando é hora de buscar orientações médicas para uma avaliação detalhada da situação. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

Quando a perda de memória é normal?

A perda de memória é normal quando ocorre ocasionalmente e no meio das atribulações da vida moderna.

Afinal, quem nunca esqueceu:

  • onde colocou a chave do carro ou da casa,
  • uma das sacolas das compras no supermercado,
  • o aniversário de alguém importante,
  • onde guardou o celular.

Se essas situações nunca ocorreram em sua vida, alegre-se, pois você é uma exceção entre os bilhões de seres humanos que vivem esquecendo de alguma coisa.

Como já mencionado, o estresse e a ansiedade são grandes colaboradores para “tirar” você do que está realizando e levar seus pensamentos para outros locais, onde preocupações e compromissos o aguardam.

Como resultado temos o esquecimento e a perda de memória que muitas vezes criam dificuldades e embaraços em seu cotidiano.

Quando se preocupar com a perda de memória?

Se esse problema passou a fazer parte da rotina na vida de alguém, onde as tarefas mais simples são esquecidas, é hora de buscar ajuda médica.

Você deve se preocupar nas seguintes situações:

Dificuldades para realizar as tarefas diárias

Quando tarefas rotineiras passam a ser esquecidas com frequência como:

  • tomar o café da manhã,
  • esquecer o nome das pessoas,
  • não lembrar onde estacionou o carro.

Não conseguir tomar decisões simples

Outra situação que merece uma avaliação ocorre quando a pessoa não consegue tomar decisões simples como:

  • levantar da cama,
  • retornar para casa,
  • saber o que fazer.

Comportamento social indevido

Também devem ter cuidados especiais, pessoas que passam a ter um comportamento social indevido, ofendendo ou cometendo gestos que não se justificam, junto a familiares, conhecidos ou estranhos.

O que fazer ao detectar uma perda de memória anormal?

O primeiro passo a ser tomado quando se percebe que existe uma perda de memória anormal é levar a pessoa a uma consulta médica.

Um neurologista ou um geriatra são os especialistas indicados para uma avaliação a respeito.

A partir da detecção do problema, uma avaliação será realizada para localizar os motivos e o melhor tratamento para cada caso.

Exames serão solicitados e testes de capacidade mental serão realizados, portanto, quanto antes a situação for detectada mais fácil será a reversão do problema.

Em muitos casos o tratamento alcança a cura completa do paciente, no entanto, a ciência ainda não consegue resolver problemas mais sérios, quando então os cuidados precisam ser redobrados.

Em muitas situações se torna fundamental contar como serviços de home care, ou seja, possibilitar a pessoa debilitada condições melhores de vida, através de cuidados de profissionais competentes que sabem como lidar com este momento.

Portanto, enfrente a situação de frente e busque a melhor solução possível para o momento!

Agora que você sabe mais sobre perda de memória e caso esteja passando por problemas parecidos, contate a Master Nursing e conheça maiores detalhes sobre nosso home care!


Home Care