Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Idosos e Covid-19: quais são os principais cuidados necessários?

Idosos e Covid-19: quais são os principais cuidados necessários?

O público acima de 60 anos tem mais chances de apresentar complicações, por isso, existem alguns cuidados que são essenciais na relação aos idosos e Covid-19.

À medida que os anos passam, o corpo vai ficando mais frágil, muitas pessoas desenvolvem alguma doença e o sistema imunológico vai se alterando.

Por isso, no início da pandemia, alguns estudos traziam informações alertando que a população idosa apresenta maiores chances de complicações se for contaminada pelo novo Coronavírus. Podendo inclusive, vir a óbito. 

Quer conhecer quais são as principais precauções para evitar a Covid-19 na terceira idade? Continue lendo.

A letalidade da Covid entre os idosos 

A relação da letalidade entre idosos e Covid-19 é comprovada em artigo publicado pela Fundação Oswaldo Cruz, em dezembro de 2020.

De acordo com esse órgão, a cada quatro mortes causadas pela doença no estado do Rio de Janeiro, três são de pessoas com mais de 60 anos. 

Esses óbitos estão relacionados: 

  • em primeiro lugar, aos pacientes que apresentam problemas de hipertensão ou outra cardiopatia
  • pessoas diabéticas,
  • diagnósticos de pneumonia,
  • doenças neurológicas.

Outras comorbidades, como problemas renais, obesidade e asma, aparecem com prevalência menor.

Quais são os principais cuidados na relação entre idosos e Covid-19?

Vimos que além do fator idade, a relação idosos e Covid-19 tem muito a ver com as doenças pré-existentes que eles apresentam, como diabetes, hipertensão, problemas cardíacos, entre outras. 

Pacientes com comorbidades devem ser orientados sobre a necessidade de manter um acompanhamento médico continuado, com cuidado durante todo o período de isolamento.

Nesse sentido, cuidadores e familiares são essenciais para orientá-los e acompanhá-los nas consultas com mais segurança.

Além disso, uma alimentação rica em nutrientes ajuda a fortalecer o sistema imunológico, bem como a prática de uma atividade física. 

Assim como qualquer um de nós, a pessoa idosa também precisa se proteger para evitar o contágio seguindo as orientações das autoridades de saúde, que são:

  • higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel 70%,
  • uso da máscara sempre que sair de casa ou receber profissionais para os devidos cuidados,
  • o distanciamento mínimo de um metro e meio a dois entre as pessoas. 

Entre as precauções especiais que estão relacionadas aos idosos e Covid-19, está a visitação. 

No fim de 2020, o Brasil inteiro se comoveu com a morte de Nicette Bruno, que foi infectada pelo Coronavírus 

A atriz cumpria o isolamento social em sua casa e recebeu a visita de um parente que não sabia que estava contaminado e a transmitiu o vírus, desencadeando a doença e levando-a ao óbito.

Familiares e cuidadores precisam aplicar um certo rigor em relação a isso.

É importante explicar ao idoso o motivo do afastamento e promover oportunidades de encontros online sempre que possível com filhos, netos e demais parentes e amigos.

A importância da vacinação

A vacina tem tudo a ver com os idosos e Covid-19, uma vez que ela ajuda a proteger o organismo contra o Coronavírus.

Já está sendo aplicada no Brasil e é a esperança da melhora e da vida. 

Por isso, incentive seu idoso querido a tomá-la, obedecendo ao calendário de cada cidade, e enfatize a importância da segunda dose, quando ela for necessária. 

É fundamental conscientizar que mesmo depois da vacina, as medidas básicas de prevenção, como o uso de máscara, lavar as mãos com água e sabão ou usar álcool gel, não devem ser deixados de lado. 

Agora que você já conhece quais são os principais cuidados necessários em relação aos idosos e Covid-19, que tal continuar no nosso blog e saber o que são e quais são as doenças autoimunes mais conhecidas.


Home Care