Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Tai Chi Chuan na terceira idade: conheça os benefícios dessa prática!

Tai Chi Chuan na terceira idade: conheça os benefícios dessa prática!

A prática do Tai Chi Chuan vem se firmando como uma grande aliada para promover mais saúde e qualidade de vida na terceira idade. 

Os idosos do século XXI a cada dia estão descobrindo alternativas que os ajudam a aproveitarem seus dias com mais intensidade e qualidade.

O avanço da idade já não significa parar no tempo e espaço, pelo contrário, é sinônimo de movimento do corpo e da mente, de alegria e vontade viver.

Quer saber quais são os benefícios dessa prática para os idosos? Continue lendo o post e conheça seus benefícios.

O que é Tai Chi Chuan?

Tai Chi Chuan é uma arte marcial milenar chinesa que busca promover o equilíbrio entre a mente e o corpo.

Ela é fundamentada em:

  • movimentos lentos e circulares do corpo,
  • respiração natural e profunda,
  • concentração das sensações,
  • atenção plena.

Esse conjunto promove inúmeros benefícios para os praticantes de todas as idades, mas pesquisadores analisam de forma especial os efeitos dessa prática para a terceira idade.

Quais são os benefícios do Tai Chi Chuan para os idosos?

O Tai Chi Chuan é considerado uma atividade física de intensidade moderada baseado em movimentos lentos e suaves, mas, ao mesmo tempo, vigorosos.

De forma geral, a prática é benéfica para:

  • o controle do equilíbrio,
  • promover flexibilidade,
  • fortalecer os músculos,
  • equilibrar emoções,
  • aliviar tensões e estresse,
  • auxiliar no quadro depressivo,
  • ajudar na concentração.

Pelos seus benefícios, ela é conhecida como meditação em movimento e está entre as cinco melhores atividades para serem praticadas em qualquer idade. 

Para o idoso, em especial, ela auxilia de forma eficaz:

Prevenindo quedas

Por trabalhar a flexibilidade dos membros e o equilíbrio do corpo. Essa prática tem se mostrado muito eficiente para prevenir e reduzir o número de quedas nos mais velhos. 

Essa conclusão foi resultado de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade do Oregon, nos Estados Unidos.

Entre 2015 e 2018, eles observaram 670 voluntários com mais de 70 anos e com mobilidade física prejudicada. 

Os idosos foram divididos em 3 grupos e:

  • um deles praticava duas vezes por semana Tai Chi Chuan,
  • o segundo praticou outros exercícios multimodais,
  • e o terceiro, sessões de alongamento.

A pesquisa durou 24 semanas e no seu término foi constatado que o grupo que praticava a arte milenar chinesa reduziu o risco de quedas em até 58%.

Fortalecendo os músculos

Outro estudo publicado no periódico Alternative Therapies in Health and Medicine, da Universidade de Stanford, mostra que essa prática também fortalece a musculatura.

A observação ocorreu em homens e mulheres da terceira idade que praticaram por 12 meses exercícios de Tai Chi e foi constatado que eles tiveram:

  • melhorias na flexibilidade da coluna lombar e torácica,
  • aumento da força muscular das pernas.

Promovendo o relaxamento

Geralmente, essa atividade é praticada em grupos de pessoas, o que já é um benefício porque promove a socialização, a construção de novas amizades e mais conhecimentos entre elas.

Além disso, essa arte marcial também promove o relaxamento físico e mental, porque acalma os músculos e os pensamentos.

Sua prática envolve a concentração, o controle do pensamento e da respiração o que auxilia a relaxar corpo e mente, desestressando e promovendo mais tranquilidade, harmonia e bem-estar.

Agora que você conferiu os benefícios do Tai Chi Chuan na terceira idade, que tal seguir a Master Nursing nas redes sociais e ficar por dentro de outras novidades?


Home Care