Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Quais são os efeitos do estresse na terceira idade?

Quais são os efeitos do estresse na terceira idade?

O estresse na terceira idade tem grandes efeitos sobre o corpo, sendo necessário evitar que ele ocorra.

Os principais sintomas de estresse excessivo envolvem: insônia, cansaço, mau humor, agitação, tristeza excessiva, queda de cabelo, mudanças no peso e dificuldades em se concentrar.

Todos esses sintomas podem acabar se agravando quando o paciente é um idoso.

Se você quer saber quais são os principais efeitos do estresse na terceira idade, confira nosso post!

O que o estresse na terceira idade causa?

Se você está curioso para saber o que o estresse na terceira idade causa, confira os tópicos que separamos:

Sistema imunológico baixo

O estresse tem ligação direta com o sistema imunológico, cuja função é defender nosso corpo de agentes externos, como vírus, bactérias e protozoários.

Quando nossas defesas estão enfraquecidas estamos mais aptos a contrair doenças, desde as clássicas gripes até infecções mais sérias, o que deve ser evitado em idosos.

Problemas cardíacos

Quando permanecemos estressados por longos períodos ocorre a liberação de hormônios que causam a diminuição do calibre dos vasos sanguíneos.

Isso faz com que as artérias percam seu potencial de adaptação, aumentando consideravelmente a pressão arterial e a elevação dos batimentos cardíacos que podem ser fatais durante a terceira idade.

Perda de visão e audição

Pesquisas já estão mostrando que o efeito do estresse na terceira idade vai muito além do sistema imunológico e problemas cardíacos, podendo causar até mesmo a perda de visão e audição.

Caso essa condição não seja eliminada pode causar uma doença chamada Coriorretinopatia Serosa Central que consiste no acúmulo de líquido entre as camadas da retina, causando uma visão distorcida.

Essa patologia pode durar algumas semanas ou causar uma baixa de visão permanente.

Já em relação à audição, foi descoberto que o estresse pode causar surdez súbita, principalmente em pessoas com mais idade.

Problemas de digestão

É comum ouvirmos falar de pessoas que ficam estressados e sentem aquela queimação no estômago, podendo até mesmo passar mal.

Isso acontece porque o estresse pode alterar as funções gastrointestinais através do sistema nervoso, causando uma inibição do movimento espontâneo gástrico.

Além disso, pode também interferir na secreção dos ácidos e enzimas, prejudicando todo o sistema digestivo.

Entre as consequências que os problemas digestivos podem causar podemos destacar:

  • úlcera,
  • gastrite,
  • náusea,
  • diarreia,
  • vômitos,
  • doenças inflamatórias,
  • refluxo,
  • intestino irritável.

Esses sintomas, se não forem tratados de forma adequada, podem causar sérios desconfortos e consequências maiores para a saúde o idoso.

Problemas dentais

Por mais estranho que possa parecer, o estresse pode causar sérios problemas dentais.

Quando uma pessoa está estressada ela começa a ter hábitos parafuncionais, ou seja, manias involuntárias.

Um dos hábitos parafuncionais mais comuns é o bruxismo, que consiste no ato de ranger ou apertar os dentes durante a noite.

Esse distúrbio, a longo prazo, começa a afetar a dentição, as articulações e os músculos da boca, causando dores constantes e até a perda dental!

Você já deve ter percebido que os efeitos do estresse na terceira idade não são brincadeira e exigem atenção redobrada.

Para mudar este cenário em alguns casos será necessário o suporte de profissionais da área de saúde como psicólogos e psiquiatras.

Além disso, uma das maneiras de diminuir o estresse é a realização de atividades de entretenimento, como música, dança e pintura.

Se você quer saber mais sobre práticas para driblar o estresse na terceira idade, não deixe de conferir nosso post sobre atividades lúdicas para idosos: dinâmicas para descontrair!


Home Care