Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

HIV – como prevenir e prognóstico

O HIV (sigla em inglês para Vírus da Imunodeficiência Humana) é uma doença que ataca células e proteínas específicas do sistema imunológico, provocando deficiências em seu funcionamento e deixando o organismo mais suscetível a ação de outras doenças.

O HIV é considerado uma pandemia, ou seja, uma doença contagiosa que atua em escala global, tendo a assustadora taxa de 0,6% da população do mundo contaminada pela doença. Até 2013, estima que 78 milhões de pessoas tenham sido contaminadas.

Segundo o Ministério da Saúde, o índice de contaminação em idosos também sofreu aumento, e a taxa não foi pequena: de 4,8 em 2001 para 8,7 em 2012, com um crescimento de mais de 80%. Como o sistema imunológico deles é mais frágil, fica ainda mais difícil detectar a doença, deixando-a agir por tempo indeterminado e atrasando o tratamento.

Porém, com os avanços tecnológicos e na área de medicina, foi possível descobrir suas causas, como a doença funciona e como prevení-la, com cada vez mais progresso em rumo a uma cura definitiva para este mal.

Saiba como prevenir o HIV e, em caso de diagnóstico positivo, como conviver com a doença.

COMO PREVENIR

Como o contágio da doença se dá pelo contato com fluídos corporais de pessoas contaminadas, seja ele sangue, semen, lubrificação vaginal, fluido pré-ejaculatório e leite materno, a melhor forma de prevení-la é evitando esse contato.

Veja as formas de prevenção:

  • Praticar sexo seguro todas as vezes, com o uso de preservativos;
  • Evitar o contato com sangue contaminado através de agulhas ou seringas;
  • Realizar o exame periodicamente e pedir para que seu parceiro faça o mesmo;
  • No caso de gravidez, para evitar o contágio de mãe para filho, é necessário acompanhamento médico constante e rigoroso, desde o início;
  • Não reutilizar seringas e agulhas;
  • Conhecer o histórico de seus parceiros;
  • Uso de luvas para manipular feridas e líquidos corporais.

É importante lembrar, porém, que o contágio do HIV não se dá pelo contato com a saliva, suor, muco nasal, urina ou qualquer outro fluído que não os citados acima. Essa informação é essencial para que se vença o preconceito em relação a doença.

PROGNÓSTICO

Em caso de diagnóstico positivo, que só pode ser confirmado através de exames médicos realizados com muita cautela, o paciente deverá começar a se tratar imediatamente de acordo com as indicações de seu médico.

O prognóstico da doença, ou seja, a previsão de como a doença afetará ou não a vida do paciente, está muito relacionado ao estágio onde a doença foi descoberta. Em fases iniciais, indica quase nenhuma mudança na vida do paciente, além do tratamento com remédios antirretrovirais. Porém, quanto mais avançada a doença, maior o número de medidas que deverão ser tomadas para prolongar a vida e aumentar a qualidade com que o paciente viverá e, consequentemente, mais complicado se torna o tratamento.

Mesmo assim, com os inúmeros avanços na área, o diagnóstico positivo de HIV não é mais visto como uma sentença de morte, pois a qualidade de vida e a sobrevida destes pacientes tem aumentado muito com o passar dos anos. Desta forma, desde que com o tratamento adequado, os portadores de HIV podem ter uma vida praticamente normal.

 

Lembre-se sempre de se cuidar, realizar os exames adequados e, no caso da detecção da doença, realizar o tratamento conforme indicado pelo médico,sempre à risca. A saúde deve estar sempre em primeiro lugar!

E se precisar de ajuda, pode contar com os serviços da Master Nursing para auxiliar você ou sua família na realização do seu tratamento!


Home Care