Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Como emitir o cartão de estacionamento do idoso?

Como emitir o cartão de estacionamento do idoso?

Se você tem 60 anos ou mais já pode ser beneficiado com o cartão de estacionamento do idoso.

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran/SP), o número de carteiras de habilitação para idosos aumentou nos últimos anos. Somente na capital paulista, o crescimento foi de 33% no comparativo de junho de 2015 para junho de 2021.

Muitos deles já usam o cartão de estacionamento, um benefício previsto no Estatuto do Idoso, que garante vagas especiais em lugares públicos e privados, facilitando a chegada, a locomoção e a saída dos estabelecimentos e vias.

Quer saber porque é importante o cartão para você e como providenciar o seu? Leia aqui.

Por que o idoso possui vaga preferencial?

A terceira idade transformou conceitos e mantém-se ativa, consumidora, produtiva e conectada com a vida, isso explica o aumento no pedido de CNH. 

Sendo assim, você pode estar se perguntando: por que o idoso precisa de vaga preferencial? Por mais saudáveis e ativos que nos sentimos, com o passar dos anos é natural ir perdendo gradualmente a agilidade.

Também é comum o surgimento de doenças ou condições que prejudicam ou impossibilitam a nossa locomoção. Por essas situações é que a legislação brasileira estabeleceu a criação do cartão de estacionamento do idoso. 

Segundo a Lei Federal 10.741, é obrigatório que 5% das vagas sejam devidamente reservadas e sinalizadas para uso exclusivo de motoristas acima de 60 anos. 

Elas sempre estão localizadas próximas ao acesso principal de entrada de um shopping, supermercado, loja, etc.

Essa medida visa facilitar a mobilidade e evitar que a pessoa precise atravessar corredores ou andar longos percursos para entrar no local desejado.

Nas vias públicas, o uso do cartão evita que o idoso precise procurar vagas distantes do seu destino ou tenha que disputá-las com motoristas mais jovens. 

Ao usar a vaga, o motorista precisa deixar no interior do carro, de forma visível, o documento, caso contrário estará sujeito à multa. 

Como é feito o cartão de estacionamento do idoso?

Esse documento funciona como uma autorização especial para que o veículo dirigido ou que está transportando uma pessoa idosa possa ser deixado na vaga especialmente destinada para esse fim. 

Por isso, ele também pode ser usado por familiares e cuidadores, desde que estejam levando o titular para clínicas, hospitais, farmácias, pronto-socorros, cinemas, teatros, compras, passeios, etc. 

Afinal, como é feito o cartão de estacionamento do idoso?

Local

De forma geral, o documento é emitido pela unidade do Detran existente na cidade ou pela prefeitura do seu município, desde que ela seja integrada ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT). 

Muitos municípios brasileiros possibilitam que o pedido seja realizado de forma online ou parte do processo feito pela internet. Nesse caso, o ideal é consultar se a sua cidade disponibiliza esse serviço.

Caso contrário, você deve comparecer a um dos órgãos munidos de documentos.

Documentação

O cartão só é cedido para pessoas com 60 anos ou mais.

Para solicitá-lo, é preciso apresentar:

  • carteira nacional de habilitação(CNH), a original e mais uma cópia simples,
  • comprovante de residência atualizado, com data dos últimos 90 dias,
  • formulário de solicitação já preenchido.

Geralmente, o formulário pode ser obtido no site do Detran do estado em que você mora.

Estando tudo certo com a documentação apresentada, o cartão de estacionamento do idoso é impresso na hora.

Validade

Cada idoso tem direito a apenas um cartão e o documento pode ser utilizado em todo o território nacional.

Sua validade é de 5 anos, sendo necessária a renovação após esse período.

Perceba como é fácil emitir o cartão de estacionamento do idoso e ficar mais tranquilo na hora de estacionar. 

Agora, que tal saber sobre 5 aplicativos que você precisa baixar para ficar ainda mais conectado com o mundo a sua volta? 


Home Care