Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Elementos para manter a saúde dos ossos

Elementos para manter a saúde dos ossos

A manutenção da saúde dos ossos exige hábitos salutares e bastante disciplina.

Como resultado, obtém-se uma vida mais alegre e feliz, afinal de contas, ser saudável possibilita atividades, lazer e até mesmo disposição para o trabalho.

As doenças mais comuns envolvendo os ossos são:

  • osteoporose,
  • osteopenia,
  • reumatismo,
  • tumor ósseo,
  • lordose.

Dados da Federação Nacional e de Associações de Pacientes e de Combate à Osteoporose (Fenapco) mostram que no Brasil 10 milhões de pessoas sofrem com essa doença.

Outro fato relevante é que uma em cada três mulheres com mais de 50 anos convivem com a osteoporose. 

Neste post, apresentaremos 5 hábitos necessários para manter a saúde dos ossos, combater a osteoporose e outras doenças que causam grandes transtornos à vida de muitas pessoas. 

Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

Hábitos para cuidar da saúde dos ossos

Para manter a saúde dos ossos é fundamental criar hábitos que colaboram para que, de forma natural, o organismo responda positivamente contra esses males.

O acompanhamento médico e as avaliações são ações insubstituíveis, especialmente quando se atinge a terceira idade, no entanto, existem maneiras inteligentes que podem prevenir e diminuir as consequências de possíveis doenças. São elas:

Alimentação balanceada

A alimentação precisa estar balanceada de tal modo que as vitaminas e substâncias possam contribuir para a manutenção da saúde dos ossos.

Para isso, é importante consumir:

  • leite e seus derivados,
  • folhas escuras (espinafre, couve e brócolis),
  • amêndoas,
  • gergelim,
  • suco de laranja.

Peso apropriado

A manutenção do peso é outra ação fundamental para o equilíbrio da saúde, o que significa mantê-lo no nível ideal.

As mulheres, especialmente quando cessam os períodos menstruais, tendem a perder peso, seja em função de uma alimentação pobre em calorias ou ainda pelo excesso de exercícios.

Essa situação diminui o nível de estrogênio no organismo, o que acaba refletindo na saúde dos ossos.

Exercícios físicos

Os exercícios físicos programados de acordo com a capacidade e necessidade de cada pessoa é outro hábito que precisa ser incorporado ao dia a dia.

No limite correto, algumas atividades são recomendadas para o fortalecimento dos ossos, tais como:

  • musculação,
  • caminhada,
  • corrida,
  • atividades esportivas,
  • danças.

Atenção aos fatores de risco

Converse com o seu médico sobre alguns fatores de risco que podem aumentar as chances de alguma doença dos ossos.

A doença celíaca (intolerância ao glúten) e o uso de determinados medicamentos, como, por exemplo, os esteróides, podem colaborar para o problema, portanto, vale uma avaliação e a adoção de uma estratégia visando a prevenção.

Ingestão de cálcio

Além da alimentação balanceada apresentada anteriormente, outra forma de garantir a absorção de cálcio pelo organismo está na produção natural da vitamina D.

Essa situação é possível através dos chamados banhos de sol que devem acontecer diariamente entre 20 e 30 minutos, sempre nos horários antecedentes às 10 horas ou após às 16.

Não use protetor solar e possibilite que os raios atinjam a sua pele, produzindo essa importante vitamina que favorece o uso do cálcio pelo organismo.

Esses 5 hábitos e cuidados são essenciais para manter a saúde dos ossos e possibilitar a qualidade de vida, especialmente para aqueles que estão próximos ou já fazem parte da terceira idade.

Agora que você conhece mais a respeito desse importante assunto, leia nosso post que apresenta a amizade entre idoso e criança: por que o encontro de gerações é tão singelo?


Home Care