Telefone (11) 3875-1424 | contato@masternursing.com.br

Festas de final de ano: como aproveitar com um familiar com demência?

Festas de final de ano: como aproveitar com um familiar com demência?

As festas de final do ano reúnem os parentes, onde se trocam presentes, se saboreiam deliciosos pratos e se comemora a vida. Um familiar com demência também pode, e deve, fazer parte desses momentos especiais!

A demência provoca alterações progressivas na memória e pode surgir em qualquer pessoa, mas isso não a impede de participar e viver momentos felizes com seus familiares.

No entanto, cuidados precisam ser tomados para que acidentes e problemas não ocorram, onde todos possam participar e se integrar com os demais convidados.

Envolver essa pessoa nas festividades, trazendo as recordações do passado e possibilitando boas lembranças, irá, sem dúvida, transformar o momento em uma bela ocasião, onde todos podem se divertir.

Nesse post apresentamos algumas dicas importantes para esse momento. Continue lendo e confira!

Como aproveitar as festas com um familiar com demência?

Você pode e deve aproveitar as festas de final de ano, mesmo convivendo ininterruptamente com um familiar com demência.

Essa possibilidade, inclusive, irá auxiliá-lo a desmistificar a doença junto a muitas pessoas que têm dificuldade em lidar com a situação.

Para isso, são necessárias algumas ações e cuidados que possibilitem conforto ao doente e momentos agradáveis a todos os presentes. 

Vamos a eles:

Não mude de ambiente

Procure preferencialmente marcar o encontro na casa onde reside o familiar com demência, para não confundi-lo ou desorientá-lo, permitindo que ele possa estar a vontade no ambiente do qual está acostumado.

Caso isso não seja possível, procure manter o ambiente parecido com o da residência desse familiar, ou seja, a sua cadeira colocada em lugar específico da mesa onde ele está acostumado a utilizar, bem como a disposição da cama no quarto, coincidindo com a da sua original.

Tente adequar as festas

Organize as festividades aos horários regulares do familiar, possibilitando que ele participe e não saia radicalmente da sua rotina habitual.

Procure preservar ao máximo os horários de:

  • alimentação,
  • higiene,
  • despertar,
  • repouso.

Isso fará com que ele fique mais tranquilo e possa lidar com os movimentos e mudanças da rotina com os visitantes.

Evite barulhos altos

Procure compartilhar com todos os presentes a necessidade de pouco barulho, evitando-se as crianças gritando e correndo pelo ambiente, bem como músicas altas.

Nos casos de locais onde costumam-se soltar fogos de artifícios, a utilização de protetor auricular de silicone pode ajudar. 

Evite exageros

As comidas devem ser leves, sem exageros e servidas nos horários tradicionais. 

Propicie líquido em diversos momentos do dia.

Uma alimentação saudável e regulada está diretamente ligada com a boa saúde.

Respeite!

Por último, respeite o familiar com demência que poderá não reconhecer algum parente próximo. 

Não insista que ele lembre das pessoas, inclusive, não há nenhum problema em apresentá-los como amigos recém chegados.

Não há porque não realizar encontros de final de ano com a presença de um familiar com qualquer tipo de doença que não seja transmissível.

Transforme esse evento em um momento de alegria e confraternização com todos os participantes. 

Não se esqueça ainda que estamos passando por um momento de reclusão. O Coronavírus é uma realidade e suas festas devem ser pautadas no bom-senso e cuidado com todos.

Não se exponha a riscos desnecessários e cuide da saúde de todos.

Agora que você já sabe como promover esse encontro e proporcionar bons momentos ao seu familiar com demência, continue conosco e leia nosso post que apresenta se existe relação entre Alzheimer e poluição atmosférica!


Home Care